104 – O Ataque da Mulher de 15 Metros (1958)

attack-of-the-50ft-woman

Attack of the 50 Foot Woman

1958 / EUA / P&B / 65 min / Direção: Nathan Juran / Roteiro: Mark Hanna / Produção: Bernard Woolner, Jacques Marquette (Produtor Executivo) / Elenco: Allison Hayes, William Hudson, Yvette Vickers, Roy Gordon, George Douglas, Ken Terrell

 

Como diria um antigo professor de história meu: “Essa mulher é um colosso! Um mulherão”. O Ataque da Mulher de 15 Metros é mais uma daquelas bagaceiras especiais que o ciclo sci-fi dos anos 50 nos proporcionou. Agora imagine só que pesadelo uma mulher de 15 metros!!!

Mais uma das coincidências do destino fez com que o filme de hoje da lista, pleno 08 de março, Dia Internacional da Mulher, fosse este daqui. Mas parabéns do blog à parte, imagine uma mulher de 15 metros de TPM? Como lidar? Acho que nem com todo o chocolate de mundo. E pensando um pouco na temática dessa produção, imagine uma mulher de 15 metros com CIÚMES???? Se uma mulher de 1,58m, por exemplo, com um ataque de ciúmes já é duro de controlar, e com esse tamanho todo então? E é bem o que acontece neste filme: o marido idiota da mulher que fica gigante é um verdadeiro porco chauvinista que vive traindo-a com uma ruiva no bar, e não tem como a vida do cara ficar fácil quando ela busca por vingança.

Mas antes de colocar a carroça na frente dos bois, vamos a uns pequeno detalhes técnicos do filme: O Ataque da Mulher de 15 Metros foi dirigido por uma figurinha carimbada do universo terror / sci-fi da época, Nathan Juran (que aqui assina a direção com o pseudônimo de Nathan Hertz). Em seu currículo, podemos destacar filmes como O Cérebro do Planeta Arous e The Deadly Mantis, que são duas pérolas do gênero, além de vários episódios dos seriados sessentistas de Irwin Allen.

Attack-Hayes

Mulherão!

No roteiro escrito por Mark Hanna, Nancy Archer (Allison Hayes) é uma ricaça, dona do raro diamante Estrela da Índia (checar), com sérios problemas de alcoolismo e casada com o escroque Harry Archer (William Hudson), que só está interessado no dinheiro da esposa e nas suas puladas de cerca com Honey Parker (a playmate Yvette Vickers), sua fogosa e maquiavélica amante. Nancy já passou um tempo no hospício pelo fato de gostar de um mé, muito por conta do casamento fracassado e do marido interesseiro e ausente, mas acabou fazendo a besteira de voltar para Harry ao receber alta, jurando amor eterno ao patife.

Certa noite, após uma briga do casal, Nacny sai de carro pela estrada e no meio do deserto, ela avista um satélite, ou um OVNI, que parece um ovo e dentro dele, sai um gigante careca que usa um colete (que lembra bastante Tor Johnson, ator dos filmes de Ed Wood) e a ataca. Conseguindo escapar do gigante alienígena, claro que na cidade ninguém vai acreditar na mulher, achando que ela está bebendo mais uma vez. Ainda mais depois que o xerife vasculhar o local, mas não encontra absolutamente nada.

Pois bem, após colocar sua sanidade em xeque e ser usada pelo marido, que elaborou um plano com a amante para que ela volte a ser internada novamente, ou morta, e eles possam colocar a mão na grana dela, Nancy sai com Harry para dirigir a esmo, tentando encontrar a nave alienígena, o gigante e provar de uma vez por todas que ela não inventou aquilo e não é biruta. Depois de horas e horas rodando, finalmente eles encontram o tal alienígena anabolizado careca que rapta Nancy enquanto o bunda mole do seu marido foge. Essa parece ser a brecha para Harry sair da cidade com a amante, mas quando o fiel mordomo Jess dá parte à polícia, eles os impedem até descobrir o que aconteceu com a mulher.

attack of the 50 ft woman.avi_003162742

Precisa de uma mãozinha?

Passado um tempo, a abduzida é finalmente encontrada no teto da casa de piscina da mansão Archer, e como efeito colateral da exposição exagerada à radiação alienígena, ela passa a crescer descontroladamente. Aqui que o filme começa a ficar interessante, e somos apresentados aos toscos efeitos especiais. Primeiro só vemos o braço do mulherão, estático, feito de gesso, suspenso por correias e correntes, enquanto ela acorda em acessos de fúria e tendo de ser dopada com doses cavalares de morfina que vão fazendo cada vez menos efeito. Ah, detalhe que ela sempre chama pelo marido que está onde? No salão do bar dançando com a amante, claro. Nesse ínterim, através da polícia local, o xerife encontra a nave e consegue adentrar em seu interior e descobre diversos diamantes lá tendro, que ele utiliza como combustível, e por isso, Nancy foi um alvo na estrada.

Quando a morfina perde seu efeito e Nancy acorda puta da vida, é que o caldo vai entornar de verdade. Com um podre efeito de sobreposição de imagem, a garota agora tem 15 metros de pura sensualidade, seu cabelo fica loiro (que era moreno até então), com suas pernas gigantescas e barriguinha de fora, afinal misteriosamente suas roupas também ficaram grandes, mas pequenas o suficiente para cobrir apenas as partes íntimas ao mesmo tempo, entendeu? Com esse corpão cheio de estrógeno descontrolado em ebulição, ela vai atrás do marido, destruindo a pequena cidade até chegar ao bar e derrubar o teto do local sobre a vagabunda que dava em cima do marido e reservar para Harry um trágico destino, assim como para si mesma.

Mas além de O Ataque da Mulher de 15 Metros ser esse clássico da ficção científica dos anos 50, também faz pensar, e serve como uma alerta para você que é marido ou namorado ganancioso e mulherengo ficar esperto, pois de repente sua esposa ou namorada pode se deparar com um objeto alienígena que fará seu tamanho crescer absurdamente, e aí, literalmente meu amigo, vai ficar pequeno para você.

Ah, parabéns pelo seu dia, mulheres (gigantes ou de estatura normal…)

15 metros de TPM!

15 metros de TPM!

Serviço de utilidade pública:

O DVD de O Ataque da Mulher de 15 Metros não foi lançado no Brasil.

Download: Torrent + legenda aqui.

About these ads

5 comentários sobre “104 – O Ataque da Mulher de 15 Metros (1958)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s