8610671

TOPE NOVE – Tom Savini

Thomas Vincent Savini, ou Tom Savini pros chegados, é um dos nomes que já podemos considerar imortais no meio do cinema fantástico, mais especificamente de terror! O maquiador/ator/diretor hoje completa 70 anos e nada melhor do que um TOPE NOVE para relembrarmos os melhores trabalhos de Savini como maquiador, que mudou a história do gênero e influencia uma penca de gente até hoje.

9) Deathdream / Dead of Night (1974)

O emblemático filme/protesto de Bob Clark marca o debute de Tom Savini no meio cinematográfico realizando a maquiagem do que ficaria conhecido no mundo todo: zumbis.

Feliz, feliz, feliz!

8) Confissões de um Necrófilo (Deranged – 1974)

Este filme em tom documental inspirado no serial killer Ed Gein tem cadáveres putrefatos, máscaras com pele humana e nojeiras que faz deste trabalho do Savini uma obra somente para os mais fortes de estômago!

Vem dançar com a gente!

7) Martin (1977)

A primeira vez a gente nunca esquece, não é? Primeiro longa que marca a parceria de George A. Romero e Tom Savini que traz um vampiro hipster numa temática bem diferente do conhecido por muitos: vampirismo!

Savini vindo ai? Deus me livre de uma morte horrenda!

6) Despertar dos Mortos (Dawn of the Dead – 1978)

O clássico filme se torna o primeiro grande trabalho da dupla Savini e Romero, entregando um trabalho competente e definitivamente mostrando a especialidade do maquiador: zumbis (acho que já disse isso)!

Na mosca!

5) Sexta-Feira 13 (Friday the 13th – 1980)

O que dizer do cara que criou o make-up da icônica criança Jason Voorhees – e segundo dizem, sugeriu o final com moleque saindo do lago ? Além dos efeitos das mortes muito bem realizados, uma palavra descrever o trabalho deste filme: MATADOR!

Me dá um abraço? #carente

4) O Maníaco (Maniac – 1980)

Quem melhor poderia realizar a maquiagem de um filme em que um maníaco gosta de fazer escalpes em prostitutas?! E aquela cena do tiro na cara estragaria qualquer funeral…

Pensando em fazer um novo corte

3) Chamas da Morte / A Vingança de Cropsy /  (The Burning – 1981)

Gente queimada, dedos cortados, tesoura na garganta e muito mais nesse clássico slasher oitentista que mostra a clara evolução de Savini ao longo dos anos.

Deixa eu cortar minhas unhas… Ops!

2) Quem Matou Rosemary? (The Prowler – 1981)

Outro slasher de gosto com efeitos de primeira qualidade, desde gente morta com um garfo de feno enfiados na barriga até uma faca enfiada na cabeça e uma cabeça explodindo!

Serra, serra, serrador…

1) Dia dos Mortos (Day of the Dead – 1985)

Tom Savini brilha em mais um filme do Romero com o realismo dos mortos vivos utilizando animatronics, tripas caindo e criando o imortal zumbi Bub. Ainda lhe rendeu o prêmio Saturn Awards pelos efeitos especiais!

Calma pessoal que tem Rhodes pra todo mundo!


Guilherme Lopes
Guilherme Lopes
Mineiro de nascimento e paulista de criação, vê nos filmes de terror e afins a diversão e bode expiatório para não cometer atrocidades na vida real. Não se engane com sua carinha de anjinho: ele não rebobinava as fitas antes de devolver à locadora.

1 Comentário

  1. Jean Michel disse:

    Mto bom! Essa cena do Dia dos Mortos é simplesmente de cair o queixo, até hoje!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *