hellraiser-iii-church

OST #14 – Hellraiser

Essa é para comemorar trinta anos de muita insanidade e sadomasoquismo acompanhados de uma trilha sonora digna de Leviathan. Em Hellraiser – Renascido do Inferno e Hellraiser – Renascido das Trevas, a trilha foi idealizada e composta por Christopher Young (Arraste-me Para o Inferno, O Exorcismo de Emily Rose). Young chegou em LA para trabalhar como baterista em uma banda de Jazz e após ouvir Bernard Herrmann (compositor de clássicos como Psicose e Cidadão Kane), decidiu compor trilhas para filmes de terror. Ganhou até um Globo de Ouro como Melhor Trilha Sonora Original.

Nos dois primeiros filmes da franquia, vou chamar sua composição de mini atos de mais pura maldade. Uma ode à dor que só acaba quando apertamos o stop. Destaco a faixa “Cenobites” que é um tanto perturbadora. O som dos sinos juntamente com efeitos de sintetizadores e teclados faz o filme se fundir à música e provocar aquele frio na espinha que todos os fãs de terror adoram. E também a cena em que Julia e Channard entram no labirinto e testemunham Leviathan rodando nas alturas, é nada menos que alucinante. Percebam as potentes trompas usadas pelo compositor, nos fazendo sentir diminutos e encurralados diante do mundo bizarro que parece ainda mais colossal.

Já em Hellraiser III – Inferno na Terra, a trilha fica muito mais pesada com a participação da Tin Machine, banda de David Bowie na década de 90, e da conhecida banda de Heavy Metal, Motörhead, com duas faixas. A primeira é a música que leva o título do filme que a princípio foi composta por Ozzy Osbourne, Zakk Wylde e Lemmy Kilmister e gravada por Ozzy. Foi usada também no primeiro trailer do game Painkiller e com uma regravação de alta qualidade na estação de rádio chamada RADIO X dentro do game GTA San Andreas. E ainda usada como  música de entrada para um time de luta livre profissional chamado The Hell Raisers. Um ano depois, a Motörhead regravou a música para o filme.

O clipe mostra Lemmy jogando poker contra Pinhead. Você teria coragem de ganhar do cara? Consegue imaginar o seu castigo?


Val Vallone
Val Vallone
Paulista, professora de inglês, foi apresentada aos primeiros filmes de terror por sua mãe ainda criança, apaixonando-se por Christopher Lee, Peter Cushing e Bela Lugosi. Quando adolescente, conheceu o universo dos games e também os incluiu em suas prioridades de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *